Parceria com a Indústria de Transformação

Uma das medidas necessárias para o setor é manter a relação próxima com a indústria de transformação. Para os associados do Siresp, o sucesso do mercado depende diretamente dos negócios de toda a cadeia, já que esta representa um único grupo de produção. É preciso, portanto, trabalhar em harmonia com todos os segmentos, além de desenvolver ações comuns para o crescimento da indústria do plástico.

Para a construção da parceria entre os produtores de resina e a indústria de transformação, a entidade defende:

A prioridade de comercialização de resinas no comércio interno, assegurando o abastecimento.
 
As relações comerciais diretas entre as empresas produtoras de resinas e de transformação, reguladas pelo mercado, sem interferência das entidades do setor e do Estado.
 
As formas mais eficazes e corretas de distribuição e comercialização de produtos, seja por meio da força de venda das próprias empresas ou de redes de distribuição credenciadas.
 
A criação do programa Exportplastic para fortalecer a exportação de produtos finais plásticos, a exemplo do programa do BNDES.
 
A formação de grupos de trabalho com fabricantes de resinas e transformadores, para desenvolver novas aplicações e novos designs na utilização do plástico.
 
O treinamento na qualificação da mão-de-obra, fortalecendo os programas e convênios do INP - Instituto Nacional do Plástico.
 
As ações conjuntas em feiras e eventos do setor, tais como Brasilplast e Argenplás.
 
As ações conjuntas para promover uma percepção positiva do plástico, de sua contribuição para o desenvolvimento da economia e para a melhoria da qualidade de vida.