Nanotecnologia aplicada a Cosméticos
13/10/2008

O Seminário Nanotecnologia – Aplicação em Cosméticos, uma iniciativa da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI, Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos – ABIHPEC e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas empresas – SEBRAE. Está prevista para o encontro a apresentação do Programa Nacional de Nanotecnologia e as atividades que vêm sendo desenvolvidas pelas universidades e centros de pesquisa do Brasil, acontece na próxima terça-feira (14), no Rio de Janeiro. O evento foi pensado de forma a facilitar o acesso dos empresários às pesquisas desenvolvidas, visualizando não só as oportunidades como as potencialidades. Para incentivar a troca de experiências serão realizadas apresentações de empresas que já utilizam a nanotecnologia em seus produtos como O Boticário, Basf e Quattor. O Seminário é resultado do trabalho desenvolvido pelo Plano de Desenvolvimento Setorial – PDS do Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, fomentado pelo convênio de cooperação técnica e financeira firmado entre ABDI, ABIHPEC e SEBRAE. Este Plano faz parte do Programa de Competitividade Setorial da ABDI, que visa contribuir para a articulação, construção, monitoramento e avaliação de uma estratégia competitiva com visão de longo prazo. uma maior penetração dos nanoativos. Hoje a tecnologia “nano” é aplicada em cremes antiidade, protetores solares e desodorantes, entre outros. No caso do protetor, as nanopartículas bloqueiam as radiações UVA e UVB, micronizam as partículas de zinco e titânio, tornando o produto mais transparente, menos oleoso, com odor disfarçado e mais absorvível pela pele, o que prolonga o efeito protetor. Quanto aos cremes para retardar o envelhecimento, as micro partículas facilitam o transporte dos ativos do produto, levando-o para as camadas mais profundas da pele, aumentado sua eficácia.


(Fonte: Portal Fator Brasil)