Mais um passo rumo à segurança contra chamas
25/09/2008

Espuma da Basf aprovada nos testes dos padrões da União Européia para classificação de incêndios em construções e trens. O Basotect® UF, a espuma flexível feita de resina melamínica da Basf, já alcançou a classificação máxima no segmento de materiais orgânicos de isolamento, de acordo com os novos e mais rigorosos padrões da União Européia para proteção contra incêndios em construções e trens. Atualmente, as duas novas normas da UE estão sendo aplicadas juntamente com as normas locais, que serão substituídas nos próximos anos. Ao cumprir com os novos padrões da UE, Basotect® UF, utilizado para absorção de ruído e isolamento térmico, confere aos engenheiros e processadores de todos os países da Europa a confiabilidade necessária para o desenvolvimento do isolamento de construções e de meios de transporte ferroviários. Na Alemanha, Basotect® UF é classificado como material de “baixo grau de inflamabilidade” (DIN 4102-1 B1) para construções.Classe B no padrão de classificação de incêndio mais rigorosa da UE para materiais de construção. Segundo o padrão EN 13501-1 da UE, cujos testes de incêndio serão obrigatórios no futuro para todos os materiais de construção, Basotect® UF conquistou a classificação máxima para materiais orgânicos, denominada B, s1, d0. Apenas os materiais inorgânicos, neste caso materiais de construção na classe “não inflamáveis”, têm um desempenho mais elevado. O comportamento ideal contra chamas do Basotect® UF já foi demonstrado em testes com modelos de incêndio que simulam práticas reais, tais como o denominado “Ensaio SBI”: o alto conteúdo de nitrogênio da resina garante uma altíssima resistência às chamas para a espuma sem a adição de retardante de chamas. O Basotect® não derrete ou respinga quando exposto às chamas. A espuma apresenta apenas uma leve formação de fumaça e nenhuma incandescência residual.

(Fonte: Portal Fator Brasil)