Petrobras licita plataformas em outubro
15/09/2008

A Petrobras deve lançar em outubro um pacote de licitações de plataformas destinadas à operação no pré-sal da Bacia de Santos, revelaram fontes ligadas à estatal. Duas destas unidades atenderão os projetos-piloto de produção para as áreas de Iara e de Tupi, de 100 mil barris cada, a partir de 2011. Os cascos das plataformas serão construídos no dique seco, em Rio Grande, conforme a Petrobras havia antecipado. No mesmo local foi construída a P-53. Com a utilização do dique para a construção destes cascos, a perspectiva é de que haja uma redução no custo final de cada unidade em até US$ 200 milhões. Hoje uma plataforma do tipo FPSO (que processa o óleo, armazena e o transfere para dutos ou outras embarcações) com casco novo tem seu custo final estimado em torno de US$ 1,8 bilhão. A idéia da Petrobras é também ganhar em escala. O próprio presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli, havia dito em abril que o dique seco de Rio Grande poderia se transformar num canteiro de obras em série destinado a plataformas para o pré-sal.

(Fonte: Jornal do Comércio, Rio Grande do Sul)