Produção de resinas cresce 16% em julho
21/08/2008

A produção de resinas termoplásticas cresceu 15,9% em julho, na comparação com o mês anterior, chegando a 439,4 mil toneladas, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). Em relação a julho de 2007, houve crescimento na produção de 7,4%. As importações, de 76,4 mil toneladas, declinaram 10,9% na comparação com junho, mas aumentaram 55,9% ante julho de 2007. As exportações, que tiveram ligeiro crescimento de 0,8% em julho, alcançando 67,2 mil toneladas, apresentam redução de 31,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado. De janeiro a julho, a produção é superior a 2,7 milhões de toneladas, volume 4,1% menor do que o registrado no mesmo período de 2007. Na mesma comparação, as importações tiveram o expressivo crescimento de 60,1%, somando 598,1 mil toneladas, e as exportações recuaram 38,5%, chegando a 443,6 mil toneladas. Até julho, o consumo aparente de resinas termoplásticas, resultado da soma da produção com as importações, menos as exportações, cresceu 15,6%, superando o volume de 2,8 milhões de toneladas. Os números referentes ao desempenho do segmento de resinas termoplásticas de janeiro a julho são preliminares por não incluírem o PET (tereftalato de polietileno). O levantamento engloba o PE (polietilenos), o PP (polipropileno), o OS (poliestireno), o PVC (policloreto de vinila) e o EVA (copolímero de etileno e acetato de vinila).

(Fonte: Gazeta Mercantil)