Dow planeja aporte de US$ 300 milhões na BA
30/06/2008

A Dow investirá US$ 300 milhões para ampliar em 50% a capacidade de produção de TDI, como é conhecido o tolueno diisocianato, na fábrica do Pólo Petroquímico de Camaçari, na Bahia. A expectativa é que as obras comecem em outubro e entrem em operação no início de 2012. Com a ampliação, a Dow será capaz de fabricar até 90 mil toneladas de TDI por ano. De acordo com Marconi Andraos Oliveira, diretor de relações institucionais da empresa, quando estiver operando, a unidade ampliada da fábrica de TDI deverá reverter as perdas de faturamento ocasionadas com o fechamento de duas fábricas da Dow no final do ano passado. A empresa diz que, com o fim da produção de hidroxietil celulose e de estireno, nas unidades de Aratu e Camaçari, respectivamente, haverá uma perda de R$ 300 mil no faturamento anual da Dow na Bahia. Em 2007, a receita foi de R$ 1,9 milhão. "Com o investimento em TDI, isso será recuperado com folga e podemos até superar esse faturamento", diz Oliveira. A decisão do novo aporte de recursos faz parte da estratégia mundial da multinacional de sair de alguns ramos e focar naqueles em que acredita ter mais potencial de competição e maiores ganhos de rentabilidade.

(Fonte: Valor Econômico)