Braskem promoverá reajuste médio de 20% nos preços de suas resinas
04/06/2008

A Braskem anunciou nesta quarta-feira que irá aplicar um reajuste médio de 20% nos preços de todas as suas resinas. Motivado pela matéria-prima mais cara e pela alta nos preços globais das resinas, o aumento será implementado em duas fases, sendo ao redor de 10% neste mês e outros cerca de 10% em julho.
Principal matéria-prima do setor petroquímico, a nafta vem registrando seguidos aumentos de preços, em razão das cotações crescentes do barril de petróleo, de onde é derivada.
Cerca de 70% da nafta consumida pela Braskem é comprada da Petrobras. A estatal, que passou a deter 23% do capital da Braskem após a reorganização dos ativos do Grupo Ipiranga, vende a nafta com um prêmio sobre o preço médio de mercado, segundo o presidente da Braskem, José Carlos Grubisich.
O executivo já havia manifestado a intenção de pedir um desconto à Petrobras. Hoje, ele informou que as negociações continuam em andamento e que a estatal já entendeu os argumentos da Braskem, que pede um desconto em razão dos altos volumes que compra.
Mesmo assim, um acordo sobre a política de preços ainda não foi fechado, mas Grubisich espera que isso aconteça em breve.

(Fonte: Valor Online)