Pontal vai ganhar primeira escola de PVC do país
14/04/2008

A Prefeitura de Maceió vai construir no Pontal da Barra a primeira escola em concreto/PVC do País, que atenderá cerca de 200 crianças da comunidade. A construção da escola foi anunciada hoje durante um encontro entre o prefeito Cícero Almeida, o secretário de Educação Tadeu Lira e o diretor industrial da Braskem em Alagoas, Hélcio Colodete, além de lideranças do bairro.

Nesse encontro, a empresa entregou ao prefeito a escritura do terreno onde será erguida a escola, uma área de 10 mil metros quadrados. O terreno pertencia à indústria petroquímica, e a escritura em nome do município era o único entrave para o início das obras.

A Escola Mestre Izaldino vai funcionar também como uma creche, atendendo 90 crianças do Pontal da Barra. A mais nova unidade de ensino do município será erguida ao lado do Complexo de Lazer Gonçalo Minim D´Lins, formado por uma quadra poliesportiva e por um campo de futebol, ambos construídos em parceria com a Braskem.

“É um projeto piloto e que servirá de exemplo para que outras unidades de ensino sejam construídas nesse modelo”, revela o prefeito Cícero Almeida, que pediu ao secretário municipal de Educação, Tadeu Lira, prioridade na execução do projeto. A previsão é de que as obras sejam iniciadas até a próxima semana.

Segundo Hélcio Colodete, diretor industrial da Braskem, a doação do terreno faz parte das ações na área de responsabilidade social da empresa. “Maceió é a primeira capital onde firmamos uma parceria para construção de uma escola em concreto/PVC, cuja durabilidade e baixo custo de manutenção são apontados como as principais qualidades do projeto”, analisa.

O presidente da Associação dos Moradores e Amigos do Pontal da Barra (AMAPO), Jorgeval Lisboa Santos, disse que a escola-creche é aguardada há muito tempo pela comunidade. “Pode-se dizer que esse é um dos projetos mais importantes já implantados até hoje no Pontal pela Prefeitura”, comemora.

(Fonte: Notícias Soalagoas)