PQU inicia estudos para duplicar produção de resina
07/04/2008

A PQU já iniciou estudos para a duplicação da capacidade de produção da resina hidrocarbônica unilene, que hoje é de 16 mil toneladas anuais.

O item representa apenas 2% do faturamento da petroquímica mas tem boa rentabilidade. É utilizada por indústrias de pneus, mangueiras e peças de vedação de veículos, por exemplo, como insumo, ao oferecer, na mistura com a borracha, uma melhora na processabilidade e vantagens no acabamento dos produtos.

Segundo o gerente de negócios Unilene, Roberto Arruda, a obra de expansão da PQU que será concluída neste ano deve gerar um acréscimo de apenas 10% na fabricação da resina. Isso poderá ser insuficiente em função da demanda em alta dos clientes.

(Fonte: Diário do Grande ABC)