Governo garante área ao Pólo de Marechal
24/03/2008

Durante a primeira reunião do Conselho de Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes), realizada na última terça-feira, no Palácio República dos Palmares, a Braskem/Cinal entregou ao Governo de Alagoas a escritura das áreas do Pólo de Marechal Deodoro, de aproximadamente 800 mil m². O documento foi entregue ao governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) pelo vice-presidente de Vinílicos da Braskem, Luiz Felli, que acompanhou o processo de aquisição das áreas pelo governo, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico.

Após a aprovação pela Assembléia Legislativa, os terrenos serão entregues às indústrias, que receberam incentivo locacional, aprovado pelos membros do Conedes. “600 mil m² desta área já estão comprometidos para serem ocupadas pelas 12 empresas aprovadas”, explica Luiz Otavio Gomes. O secretário destacou ainda a disposição dos executivos da Braskem e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) durante o processo.

Além deste documento, foram apreciadas pelos membros do Conselho as solicitações de seis empresas, sendo que duas delas são de solicitação de novos incentivos: Nordeste Móveis do Brasil, que vai se instalar em Rio Largo, e Milli S.A., em Maceió. Além destas, houve-se ainda a solicitação de outras empresas, como a Tibbits Alimentos, para prorrogar o início do prazo de fruição de incentivos em virtude de atraso das obras, que tem duração de seis meses para iniciar a instalação da beneficiada; a Plastmar Indústria e Comércio de Plásticos, que hoje funciona em galpões alugados na Avenida Durval de Góes Monteiro e será instalada em terreno de aproximadamente 17 mil m² no Distrito Industrial Luiz Cavalcante; e, por fim, a que tratou da renúncia da utilização dos incentivos anteriormente concedidos a empresa Texform.

A secretária de Estado da Fazenda, Fernanda Vilela, apresentou as mudanças que devem ocorrer com a aprovação da Reforma Tributária. Ela explica que o Governo Federal defende a reforma com o discurso de que haverá maior agilidade, com a reunião de diversos impostos em um único, o chamado IVA federal, que substitui o PIS, Cofins, Cide e salário-educação.

Ainda na última terça, houve a solenidade de posse dos seguintes novos conselheiros: Pedro Robério de Melo Nogueira (titular), Alfredo Vilela Cortez (suplente); Jubson Uchoa Lopes (titular) e Luiz Felipe Cavalcante de Melo Lima (suplente); Marcos Antônio Braga da Rocha (titular) e Klécio José dos Santos (suplente); Solange Berard Lages Chalita (titular) e Enaura Quixabeira Rosa e Silva (suplente); Milton Hênio de Gouveia Neto (titular) e Marcos Davi Lemos Melo (suplente) e a conselheira suplente representante dos trabalhadores, Maria Alba Correia da Silva. (Fonte: GazetaWeb (Alagoas))