Indústria do plástico investe para incrementar exportações
13/03/2008

Com a renovação do convênio com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), ligada ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o setor de transformação do plástico pretende incrementar em mais de 50% as exportações das empresas associadas ao programa Export Plastic.

O segmento, que vem sofrendo forte concorrência dos produtos plásticos da China, receberá um aporte de R$ 9,2 milhões para desenvolver ações de marketing e inteligência competitiva internacional. Com previsão de durar dois anos, o projeto com a Apex envolve 78 empresas transformadoras, representadas no convênio pelo Instituto Nacional do Plástico (INP), e tem como meta aumentar de US$ 236 milhões para US$ 360 milhões e de 66 mil para 121 mil toneladas o valor e a quantidade de artefatos plásticos exportada pelas associadas envolvidas no desenho do projeto, respectivamente.

Segundo Merheg Cachum, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abilplast), apesar da valorização do Real, o programa aumentou em 20% as exportações dos participantes, que incrementaram de US$ 197 milhões em 2005 para US$ 236 milhões no ano passado. As exportações da indústria de transformação do plástico aumentaram de US$ 522 milhões em 2003 para US$ 1,185 bilhão no ano passado. (Fonte: DCI)