Dow e Crystalsev avançam em projeto de parceria
10/03/2008

A Dow Chemical informou que a parceria definida em julho deste ano com a Crystalsev já está na última etapa do estudo de viabilidade que definirá a localização do pólo alcoolquímico planejado pelas empresas. A unidade terá capacidade para produzir 350 mil toneladas anuais de polietileno a partir do etanol e deverá entrar em operação em 2011.

No Memorando de Entendimento de criação da joint venture, as empresas estabeleceram o prazo de um ano para a realização do estudo técnico- econômico de produção, além da obtenção de aprovações, diligências e aprovações corporativas usuais. 'Estamos animados com o andamento desse projeto, que diminuirá nossa dependência em combustíveis fósseis, protegendo o meio ambiente para as futuras gerações', afirma em comunicado o presidente e CEO da Dow, Andrew Liveris.

A definição do local levará em consideração a disponibilidade de terras agriculturáveis, aspectos ambientais e agrícolas, logística, proximidade de outras usinas e a infra-estrutura da região. A Crystalsev atua no Brasil com 13 empresas e produz anualmente 1,8 milhão de toneladas de açúcar.

A nova planta produzirá a linha Dowlex, uma resina de polietileno linear de baixa densidade utilizada pela indústria de alimentos em embalagens flexíveis e especiais. A resina Dowlex NG 2049B, da mesma linha, é uma das novidades a serem apresentadas pela Dow durante a XII Exposición Internacional de Plásticos, feira do setor plástico que acontecerá entre 25 e 29 de março em Buenos Aires.

No encontro, a indústria química destacará inovações para o segmento de tubos e conexões, além de linha de produtos de performance, como é o caso da Dowlex NG 2049B. (Fonte: Gazeta Mercantil)