Indústria de transformados plásticos cresce 2,6%
17/12/2007

O faturamento estimado da indústria de transformados plásticos em 2007 é de U$ 19,16 bilhões, um crescimento de 2,6% em relação ao ano anterior de acordo com levantamento da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast). Já em reais, ocorreu uma queda de 7,5% no faturamento: R$ 37,54 bilhões em 2007 contra os R$ 40,59 bilhões de 2006. Merheg Cachum, presidente da Abiplast afirma que "a defasagem de preços no mercado nacional e internacional é muito grande”. Ele acredita que é essencial a criação de mecanismos de repasses de preços. “Caso não sejamos atendidos, podemos pedir a interferência do governo e uma investigação de preços", afirma. Ele explica que a indústria de transformação trabalha com uma margem de lucro reduzida. O consumo aparente de transformados plásticos atingiu 4,9 milhões de toneladas em 2007, um crescimento de 7,1% em relação a 2006. As exportações de artefatos plásticos alcançaram 332 mil toneladas, um crescimento de 2,7% em relação a 2006. Mas as importações cresceram mais.

Em 2007, foram importados 393 mil toneladas de artefatos plásticos por US$ 1,75 bilhões contra 352 mil toneladas em 2006, a um custo de US$ 1,4 bilhões. Um dos objetivos da Abiplast para 2008 é fazer com que o setor de transformados consiga recuperar suas margens de lucro, uma vez que os preços das resinas se encontram em patamar muito elevado. “Ou nós criamos mecanismos de repasses de preços ou muitas empresas estão fadadas ao insucesso”, diz Merheg. (Fonte: Yellow Comunicação)