Escassez de insumos freia euforia da indústria
01/11/2007

A indústria vive um momento de tensão em relação ao fornecimento de insumos importantes, em um cenário de produção a toda carga para atender à demanda e de estoques em queda. Para agravar esse quadro, a indústria opera com estoques em baixa. De acordo com levantamento da Confederação Nacional da Indústria, os estoques dos fabricantes de plástico estão no nível 46,4 e os de produtores de veículos, em 48,4, em uma escala em que 50 significa equilíbrio. Essas incertezas quanto aos insumos acontecem quando a indústria ainda comemora resultados positivos. A Romi, por exemplo, maior fabricante de máquinas-ferramenta e injetoras de plástico, registra crescimento de pedidos de até 70% até setembro. (Fonte: DCI)