Fabricantes de plásticos para o setor automotivo já mira 2008
01/11/2007

Ao mesmo tempo em que comemoram bons resultados em 2007 as empresas responsáveis pelo fornecimento de plásticos para o setor automotivo já esperam bons negócios também em 2008, segundo a Abiplast. "A expectativa é fecharmos 2007 com volume de negócios de cerca de 4% superior ao de 2006, quando 4,5 milhões de toneladas de plásticos foram transformadas na área automotiva. Em 2008 o crescimento será ainda maior do que neste ano", afirma Merheg Cachum, presidente da entidade. A Rhodia, uma das líderes mundiais no fornecimento de poliamida para aplicações em plásticos de engenharia, planeja acompanhar em crescimento estimado de 8% da produção das montadoras para 2008. Uma das estratégias da empresa para atender a demanda crescente das montadoras também em 2008 é reduzir suas exportações e aumentar proporcionalmente as entregas no Brasil e demais países do Mercosul. Já a Bayer, outro exemplo de otimismo neste segmento, já demonstra interesse em produzir toda linha de plásticos de engenharia no país. A decisão deve sair no ano que vem e, caso seja positiva, a fabricação local de materiais compostos deverá começar até 2009 na fábrica localizada no Rio de Janeiro. (Fonte: Auto Data)