Europa prevê redução da lucratividade
17/09/2007

Os processadores de plástico da Europa devem se preparar para novos aumentos das resinas. O alerta é da entidade que reúne os transformadores no continente (EuPC), para quem as elevações prejudicarão a lucratividade dos transformadores europeus.

As análises da entidade prevêem um aumento entre 15% e 20% nos preços das resinas nos próximos seis meses, em conseqüência do aumento do petróleo e menor fornecimento de matéria-prima na Europa.

A entidade lembra que os preços das resinas subiram entre 50% (no polipropileno) e 100% (em poliestireno) desde o começo de 2004.

Para Alexandre Dangis, diretor da associação, os transformadores terão dificuldades para repassar o aumento para os clientes, especialmente para multinacionais e outras grandes corporações.

Na avaliação de Dangis, "a posição dominante dessas grandes companhias significa que os transformadores não serão capazes de recuperar o aumento de preço de suas matérias-primas. Esse quadro vai reduzir nossa lucratividade". (Fonte: DCI)