Lula inaugura usina com tecnologia brasileira
13/08/2007

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou ontem a Usina de Etanol da Jamaica Broilers Group. O empreendimento, que contou com tecnologia de empresas brasileiras, tem capacidade para produzir 60 milhões de galões de etanol por ano, o equivalente a 270 milhões de litros. "A Jamaica reúne todas vantagens competitivas para ser um gigante dos biocombustíveis: clima e solo propícios para a produção de cana-de-açúcar, onde tem larga experiência", disse Lula.

Lula elogiou a iniciativa do governo jamaicano de estabelecer um percentual mínimo de etanol no combustível. "Foi um dos primeiros países no continente a estabelecer uma porcentagem obrigatória de 10%".

Segundo Lula, desde 2004, nove ministros jamaicanos visitaram o Brasil para estreitar a relação entre os dois países.

"A concessão de uma linha de crédito do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] no valor de US$ 100 milhões é um dos meios com que manifestamos, em termos práticos, o compromisso em aprofundar nossa cooperação."

Essa é a segunda usina de etanol com tecnologia brasileira instalada na Jamaica, e a terceira do país. A fábrica, que foi projetada por empresas norte-americanas, recebeu financiamento europeu e teve um custo de US$ 20 milhões. Ela processa o álcool hidratado que recebe do Brasil, transformando-o em álcool anidro, que pode ser misturado à gasolina. Depois disso, o produto é exportado para os EUA com isenção tarifária. (Fonte: Gazeta Mercantil)