Transformadoras estão atentas
06/08/2007

A consolidação do setor do setor poderá alterar as relações comerciais entre fornecedores dos insumos petroquímicos e transformadores plásticos. A concentração da cadeia poderá reduzir ainda mais o poder de barganha dos transformadores. Entre outros aspectos, os fabricantes de resina poderão exigir prazos mais rígidos de pagamento e novas cotas para o fornecimento. "Com certeza as petroquímicas passam a ter mais força para apresentarem suas condições comerciais", disse o sócio-diretor da MaxiQuim, Otávio Carvalho.

"Esperamos que essas fusões tragam maior competitividade às petroquímicas e que isso resulte em condições mais favoráveis ao nosso setor", disse o presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico, Merheg Cachum. Caso isso não ocorra, os transformadores prometem recorrer à Justiça, disse Cachum.