Cidade gaúcha disputa unidade da Braskem
17/07/2007

O Município de Santa Cruz do Sul, a 155 km de Porto Alegre (RS), entrará na disputa pela nova unidade que a Braskem pretende instalar no Brasil até 2009. A decisão saiu de uma reunião realizada na semana passada entre o deputado estadual Heitor Schuch (PSB), o prefeito José Alberto Wenzel (PSDB) e a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

O secretário municipal Milton Theisen já começou a elaborar dossiê com informações sobre a cidade, o interesse de receber o investimento e com áreas de terra que poderão ser repassadas à empresa como incentivo. Os dados devem ser entregues no pólo petroquímico de Triunfo nos próximos dias.

A unidade da Braskem será responsável pela produção anual de até 200 mil toneladas de polietileno verde, que utiliza etanol de cana-de-açúcar ao invés de petróleo na produção da matéria-prima do plástico.

A pesquisa custou US$ 5 milhões. Parte foi destinada à implantação de uma unidade piloto para produção de eteno a partir de matérias-primas renováveis que já está processando quantidade suficiente para o desenvolvimento comercial do produto. O polímero verde é um polietileno de alta densidade, uma das resinas mais utilizadas em embalagens flexíveis.

Ainda não há informações sobre quanto e onde a Braskem está disposta a aplicar na unidade para produção do polímero verde, mas sabe-se que será um investimento milionário. Hoje, a empresa opera na Bahia, em Alagoas, São Paulo e Rio Grande do Sul, e cerca de 80% das operações da empresa são realizadas no estado da Região Sul. (Fonte: DCI)