Ultra e Dow apostam em biorrefinarias
21/05/2007

A Oxiteno, do grupo Ultra, e a multinacional Dow Química negociam com o BNDES financiamentos para a instalação de biorrefinarias - um novo conceito de refinaria que tem como base matéria-prima verde. A tendência de manutenção do preço do petróleo em patamares elevados e a busca por insumos não poluentes dão novo fôlego à indústria alcoolquímica.


A Dow quer obter crédito para instalar mais de uma biorrefinaria no Centro-Oeste ou em Minas Gerais, com investimentos que poderiam alcançar US$ 1,5 bilhão. A biorrefinaria da Oxiteno já tem até projeto conceitual, feito por uma empresa sueca. A unidade deverá produzir açúcares e álcool a partir de insumos hoje rejeitados, como bagaço, palha e pontas da cana-de-açúcar, por meio da tecnologia de hidrólise ácida. (Fonte: Valor Econômico)