Suzano Petroquímica estima boa performance em 2007, com evolução das margens
05/03/2007

Em uma reunião com os investidores, a Suzano Petroquímica se mostrou otimista para o desempenho deste ano e lembrou que a companhia deverá receber cerca de US$ 50 milhões em outubro de 2007 relativo à segunda parcela da venda da Politeno.

Segundo as estimativas da empresa, em 2007, a margem Ebitda - geração operacional de caixa sobre receita líquida - média da Rio Polímeros deverá superar a casa de 17,3% alcançada no quarto trimestre de 2006, em razão do aumento da utilização da capacidade instalada.

Outro ponto abordado pela empresa na reunião foi a demanda mundial de polipropileno, que, de acordo com a Suzano Petroquímica, deverá crescer a uma média de 6% ao ano entre 2005 e 2011.

Projetos de expansão

Entre 2007 e 2008, o setor Petroquímico deverá continuar operando com alta taxa de utilização da capacidade, já que grande parte das novas capacidades de produção no mundo foi postergada para 2009 e 2010.

No entanto, a companhia lembra que os projetos de expansão da capacidade de polipropileno estão dentro do cronograma e em 2008 serão adicionadas 190 mil toneladas por ano, o que resulta em uma capacidade total de 875 mil toneladas por ano. (Fonte: Yahoo)