Atacadistas químicos registram avanço superior a 9% nas vendas
23/11/2006

As vendas em dólares do setor de distribuição de produtos químicos e petroquímicos apresentaram crescimento de 9,8% em outubro, em comparação com setembro, enquanto as vendas em reais aumentaram 9,1%. A informação é do Relatório Tendências, elaborado pela Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos (Associquim) e pelo Sindicato do Comércio Atacadista de Produtos Químicos e Petroquímicos no Estado de São Paulo (Sincoquim).

De acordo com Rubens Medrano, presidente das entidades, “as variações obtidas no mês passado não surpreenderam as empresas do setor, pois 65% delas obtiveram resultado de acordo com as expectativas”. Para novembro, a expectativa de vendas é de crescimento próximo a 1,5% em relação a outubro, segundo afirma, em nota, o executivo.

Com o fechamento do mês de outubro, as vendas acumuladas do setor comercial de produtos químicos e petroquímicos mostram vantagem em relação ao ano passado. Após um janeiro bastante favorável com acréscimo de 17,9%, a vantagem foi gradativamente sendo reduzida, permanecendo na casa dos 10% nos últimos 4 meses e elevando-se para 11% até o mês passado.

Perspectivas

Espera-se para o mês de novembro crescimento próximo de 1,5%, em relação ao mês de outubro. “Logicamente o comportamento do mês condiciona-se ao desempenho do setor industrial, pois os indicadores da indústria mostram certa desaceleração em relação ao esperado”, ressalva o Relatório Tendências sobre o segmento de atacado químico. (Fonte: DCI)