Governo quer ampliar investimentos em inovação
29/03/2011

Com o retorno a posições estratégicas no governo de alguns de seus mais destacados defensores, o foco na inovação volta a ganhar força e deve ser destaque da segunda versão da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), a ser divulgada em abril. "Não é todo investimento que gera inovação, mas, para aumentar a taxa de investimentos em geral, tem de inovar", diz o presidente da Finep, Glauco Arbix.

Uma das principais metas da chamada PDP2 será a elevação do gasto privado anual em pesquisa e desenvolvimento para algo entre 0,9% e 1% do PIB até 2014. Em valores atuais, cerca de R$ 37 bi. Hoje o porcentual é de apenas 0,5%. A primeira PDP, de 2008, acabou mais voltada aos segmentos mais competitivos. A visão atual é de que é preciso inovar em toda a base industrial.