Confiança do empresário tem crescimento tímido
20/08/2010

O otimismo dos empresários brasileiros registrou um ligeiro crescimento este mês, informou ontem a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), apurado mensalmente pela entidade, passou de 63,4 pontos em julho para 64 pontos em agosto. Segundo a CNI, a estabilidade nas expectativas do empresário industrial reflete o crescimento econômico mais moderado após a intensa atividade econômica registrada do início de 2010. O Índice de Confiança do Empresário Industrial varia de zero a cem. Valores acima de 50 indicam empresários confiantes.

Entre os 26 setores industriais analisados, 12 registraram aumento no ICEI maior do que um ponto na comparação com julho. Os setores de edição e impressão, limpeza e perfumaria e material eletrônico e de comunicação, por exemplo, cresceram acima de cinco pontos. O índice de expectativas para os próximos seis meses também apresentou estabilidade ao atingir 66,8 pontos no mês de agosto. O resultado ficou 0,4 ponto acima do indicador de julho.

Na pesquisa mensal de confiança do setor industrial a Confederação Nacional da Indústria consultou um universo de 1.910 empresas, em 24 Estados e no Distrito Federal, entre os dias 2 e 18 do mês de agosto.