Alagoas ganha instalação de empresa de plástico
26/01/2010

Mais uma indústria de plástico para Alagoas consolida a Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP). Na manhã de segunda-feira (25), o secretário de
Estado do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística, Luiz Otavio Gomes, recebeu os empresários da indústria Cortevivo — compostos de PVC. A indústria será instalada no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro. A empresa produz o composto de PVC que é base de outros produtos finais, como na fabricação de sola de sapato, sandálias, peças automobilísticas, entre outros. A Cortevivo, com sede na cidade de Santo André (São Paulo), atende clientes na grande São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e na região Nordeste. “O incentivo governamental é um fator importante”, disse o diretor Comercial da Cortevivo, Sullyvan Facin, quanto à escolha do estado de Alagoas para implantar a nova unidade. Outro motivo, segundo Facin, é a proximidade com a Braskem, fornecedora de 50% do que compõe seus produtos e o atendimento aos clientes da região Nordeste, como Ceará e Paraíba. O secretário Luiz Otavio Gomes explicou os passos para a concessão de incentivos: primeiro deve ser elaborado o Contrato Social para abertura de empresa na Junta Comercial de Alagoas e logo depois deve ser feito o Projeto de Incentivo Governamental e Ambiental. Avaliando o cronograma dos procedimentos legais, Gomes acredita que em 120 dias os empresários já iniciarão a construção da fábrica. Ele destacou também a participação da Braskem na atração de novas plantas industriais da Cadeia Produtiva, por ser uma das principais fornecedoras de matéria-prima e empresa âncora do setor em Alagoas.

(Fonte: Agência Alagoas, 26/01.)