Quattor pode participar de polo tecnológico em SP
19/10/2009

Na região do ABC, um consórcio de sete municípios ainda não faz parte da lista de projetos credenciados pelo governo de São Paulo, mas, acelera as negociações, para construir seu parque tecnológico, já no próximo ano. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de Diadema, Luis Paulo Bresciani, conta que a proposta começou a ser discutida, no início da década, mas foi postergada devido a divergências entre os governos municipais. A proposta do consórcio é criar um parque com áreas não contíguas, em um modelo mais próximo de um polo regional de tecnologia. "O mais viável é a criação de um conjunto de parques menores que se integram com as universidades e centros de tecnologia já instalados na região", afirma Bresciani. Segundo ele, além das montadoras, a Petrobras e a Quattor, já teriam sinalizado interesse em participar, como empresas âncora, no projeto. A meta do grupo é encaminhar a proposta ao governo do Estado, ainda neste mês para implantar o primeiro núcleo tecnológico em 2010.



Fonte: (Valor Econômico)