Quattor prevê alta de 80% nas exportações de resinas até setembro
25/09/2009

As exportações consolidadas de resinas da Quattor Participações entre janeiro e setembro sinalizam um crescimento da ordem de 80% em relação ao volume exportado nos nove primeiros meses do ano passado. No acumulado entre janeiro e setembro, as vendas totais consolidadas de resinas da empresa devem crescer 18% frente ao volume comercializado em igual período de 2008. Em comunicado enviado ao mercado, a companhia confirma a expectativa de um crescimento de 10% nas vendas domésticas consolidadas de resinas no terceiro trimestre, na comparação com o período abril-junho deste ano. A controladora da Quattor Petroquímica acredita que essas vendas ficarão 16% acima do terceiro trimestre do ano passado. "Os dados acima apresentados evidenciam que as empresas integrantes do portfólio da Quattor Participações S.A. superaram em 2009 o desempenho comercial registrado no período anterior à crise mundial do final de 2008", frisa o comunicado. Para a companhia, o desempenho das vendas sofreu a influência da entrada em operação, no terceiro trimestre, da nova unidade de polietilenos no ABC Paulista, com capacidade nominal de 250 mil toneladas por ano e do início de produção, em setembro, de parcela da nova capacidade de eteno da Central Petroquímica do Pólo do ABC. Esta parcela representa um adicional de eteno de 100 mil toneladas por ano. "Ambos os investimentos fazem parte do programa de expansão de capacidade da Quattor, que contemplou ainda a ampliação de 190 mil ton/ano de polipropileno e 100 mil ton/ano de cumeno, representando um montante total da ordem de R$ 2,3 bilhões", diz o comunicado.

Fonte: (O Globo)