Construção da planta de Eteno Verde avança no Polo Petroquímico de Triunfo
21/09/2009

As obras para construção da Planta de Eteno Verde da Braskem, no Polo Petroquímico de Triunfo (RS), avançaram consideravelmente em agosto, com a execução da subestação, fundações da torre de resfriamento e bases para outros equipamentos. No dia 31 de julho, foi concluído o pipe rack, uma estrutura de concreto que suportará toda a tubulação da planta. A finalização dessa estrutura, segundo Sérgio Gomes, responsável pelo empreendimento Eteno Verde, “é um marco importante para continuidade das instalações da unidade no Polo. A partir dessa obra, abre-se uma frente de trabalho muito importante”, afirma. Nos próximos meses, essa estrutura receberá as tubulações que, juntamente com os outros equipamentos, permitirão o processo de conversão de etanol em eteno verde, mediante uma reação em alta temperatura e pressão. A planta da Braskem será a primeira do mundo a fabricar polietileno de fonte 100% renovável e tem como principal destaque o conjunto forno e reatores que efetuará a desidratação do álcool da cana-de-açúcar. As bases para esses equipamentos já estão prontas e irão substituir o processo de craqueamento, onde ocorre a quebra de moléculas como nas unidades de Petroquímicos Básicos.
Contratações
A Braskem já iniciou o processo de contratação de Integrantes que farão parte da equipe da planta de Eteno Verde, em Trinufo (RS). Três profissionais que participaram do curso de formação de operadores no Senai (Programa Acreditar em Triunfo, divulgado no mês passado no Braskem News) foram chamados para integrar a equipe. Além desses, outros 38 profissionais que participaram do curso já foram recrutados para integrar a Unidade de Petroquímicos Básicos da empresa. Eles iniciaram a jornada em 1º de agosto.

Fonte: Braskem e Blog do Plástico, 21/09