Construção civil vive fase de redução geral de custos
01/06/2009

Fabricantes de materiais de construção trabalham para responder, o quanto antes, à demanda das construtoras. O otimismo das construtoras com o programa de habitação lançado pelo governo federal se transferiu para os fabricantes de materiais de construção. As empresas procuram soluções rápidas para atender uma demanda maior por produtos de menor preço. Para isso, alavancam suas marcas de combate e até investem no desenvolvimento de novos materiais, com custos que chegam a ser 50% mais baixos. Há quatro anos, ela desenvolveu um novo piso a pedido da Caixa Econômica Federal para obras do PAR (Programa de Arrendamento). Investiu R$ 15 milhões na mudança de linhas e agora está sendo procurada pelas construtoras para fornecer para o "Minha Casa, Minha Vida". Para pintar 1 milhão de casas serão necessários cerca de 50 milhões de litros de tinta. A Suvinil, do grupo Basf, espera alavancar sua linha mais popular, a Glasurit, para vencer em um mercado pulverizado, com vários concorrentes de baixo preço.

(Fonte: Valor Econômico)