Crise e a petroquímica do Rio de Janeiro
02/03/2009

O Rio de Janeiro, apesar da conjuntura mundial adversa, ainda tem condições de atrair R$ 24, 827 bilhões em investimentos, nos próximos dois anos. A previsão saiu de um levantamento da Codin – agencia de desenvolvimento do Governo do RJ – com base na carteira de projetos em análise, antes e depois da crise financeira. Em agosto de 2008, o RJ tinha 69 projetos listados, no valor de R$ 42, 967 milhões. Alguns projetos foram adiados, mas nenhum foi cancelado. No setor petroquímico, a previsão de investimentos aumentou: em agosto de 2008 – antes da crise – o setor petroquímico tinha R$ 412 milhões, em projetos programados. Hoje, o total dos investimentos no setor subiu para R$ R$ 458 milhões.

(Fonte: O Globo Negócios & Cia.)