Consumo aparente de químicos
09/02/2009

O consumo aparente nacional (CAN) de produtos químicos encerrou 2008 com retração de 3,36%, em relação ao ano anterior, segundo a Abiquim. O resultado foi fortemente influenciado pelos números de dezembro. Essa análise pode ser feita porque, de janeiro a novembro, o setor registrava queda de apenas 0,52% no consumo aparente, sobre 2007. A retração de 3,36% no CAN (medido a partir da soma de importação e produção doméstica, excluída a exportação) reflete a retração de 8,31% da produção nacional em 2008 e, de 0,43% nas importações. A participação das importações na medição do consumo aparente nacional atingiu 27% em 2008, sete pontos porcentuais acima, do patamar registrado em 2000. Em 1990, primeiro ano do indicador, a participação das importações no CAN era de apenas 7%.



(Fonte: Agência Estado)