Indústria química comemora bom desempenho nas exportações
19/01/2009

A indústria química comemora um bom desempenho para suas exportações em 2008, que cresceram 11,3% sobre 2007, mesmo com um dólar, em boa parte do ano, desfavorável às vendas externas. O faturamento com os embarques saiu dos US$ 10,7 bilhões, em 2007, para US$ 11,9 bilhões no ano passado, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Químicas (Abiquim). Entre os fatores que propiciaram o crescimento estão as altas dos preços ao longo do ano. O desempenho, no entanto, não foi suficiente para conter a expansão do déficit do setor, um dos maiores importadores do País e dono de uma balança comercial historicamente negativa. O déficit deu um salto de 75,7% de um ano para o outro, saindo de US$ 13,2 bilhões, em 2007, para US$ 23,2 bilhões. Com esse montante, o setor foi responsável por 20% de todas as importações feitas pelo País em 2008. Em volume, o comércio externo da indústria química ficou praticamente estável, as exportações caíram 0,2%, para 10,3 milhões de toneladas, e as importações subiram 0,1% , chegando a 27,9 milhões de toneladas.

(Fonte: Gazeta Mercantil)