Faturamento da indústria química nacional deve crescer 9,5% em 2008
08/12/2008

A indústria química brasileira deve encerrar este ano com faturamento de R$ 220,1 bilhões, o que representará um crescimento de 9,5% em relação a 2007. Em dólares, o montante deverá crescer 19%, para US$ 123,2 milhões, pela estimativa divulgada na última sexta-feira (5) pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), que realiza seu encontro anual em São Paulo. De acordo com os dados apresentados, o desempenho do ano será puxado pelo segmento ligado ao agronegócio. Com base nos números da Abiquim, o faturamento da indústria química voltada a adubos e fertilizantes irá avançar importantes 65,6% no ano, para US$ 14,9 bilhões. No caso dos defensivos agrícolas, está projetada alta de 25,9%, para US$ 6,8 bilhões. Também terá comportamento importante o setor de tintas, esmaltes e vernizes, ligado à construção civil, que deverá faturar US$ 3 bilhões neste ano, alta de 23% sobre 2007. No caso do comércio exterior, os produtos químicos brasileiros de uso industrial irão fechar 2008 com déficit de US$ 19,8 bilhões, quase o dobro dos US$ 10 bilhões registrados no ano passado. O déficit será resultado de importações da ordem de US$ 30,2 bilhões contra exportações de US$ 10,4 bilhões.

(Fonte: Valor Econômico Online)