Quattor ingressa na fabricação de PP “verde” já em 2009
24/11/2008

O início de 2009 será pautado pela construção de uma planta-piloto de propeno da petroquímica Quattor, em Mauá (SP), para a fabricação de resinas termoplásticas produzidas a partir de fontes renováveis. A unidade terá capacidade de produzir entre cinco e dez quilos da matéria-prima utilizada na produção de polipropileno (PP) por hora. A resina verde será fabricada com uso da glicerina, subproduto resultante da produção do biodiesel. Segundo cálculos da empresa, a cada litro de biodiesel é gerado 100 mililitros (ml) de glicerina. Os principais interessados no produto, são as indústrias automotiva e de embalagens, além de segmentos que tenham apelo ecológico, como o setor de cosméticos. O PP verde é reciclável e permitirá à empresa comercializar créditos de carbono.


(Fonte: Agência Estado)