Turbulência não afeta Dow Chemical
27/10/2008

A Dow Chemical teve lucro líquido de US$ 428 milhões nos três meses, até setembro, ou US$ 0,46 o papel, em comparação aos US$ 403 milhões, somados um ano atrás, equivalentes a US$ 0,42 por ação. Os preços mais altos compensaram as quedas nos volumes, destacou a empresa. As vendas líquidas no 3º trimestre somaram US$ 15,411 bilhões, excedendo os US$ 13,589 bilhões somados em período correspondente de 2007. O executivo-chefe Andrew N. Liveris, confirmou que "a Dow teve bom desempenho no terceiro trimestre, apesar de uma economia difícil e dos custos maiores". Ele destacou a implementação de aumentos de preços e agressivo controle de custos, como medidas que contribuíram para o registro de resultados sólidos, em meio a condições de mercado ruins, matérias-primas caras e dois furacões que afetaram a costa do Golfo, dos EUA, em setembro. Segundo Liveris, ajustado por itens não recorrentes, como furacões, a Dow Chemical teria tido lucro de US$ 0,60 o papel, inferior ao US$ 0,84 dos três meses, encerrados em setembro de 2007. Liveris lembrou ainda, que a empresa está em processo de aquisição da Rohm and Haas.


(Fonte: Valor Econômico Online e O Globo Online)